Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Chupei o boy dormindo

   Meu nome é Victor (fictício), e o que vou narrar é da mais sincera história.Tenho 33 anos e quando tinha 25 estava louco por um grande AMIGO que tinha 22 (mas ainda me confundia esse sentimento).O nome dele era Sérgio (fictício) e fomos viajar para Governador Valadares com um grupo de 14 amigos ( 8 Homens e 7 mulheres). Nesta época eramos muito unidos e sempre viajamos juntos quando podíamos.Chegando em Valadares fomos recebidos por um casal de amigos nossos que nos acomodou em uma casa muito pequena e com muitos mosquitos, na verdade nem era uma casa, era o local onde trabalhava esses amigos, que nos prometeram que iriam nos alocar em local mais apropriado no dia seguinte.

   Nessa noite as meninas iriam dormir em um quarto e nós iriamos dormir em uma pequena sala. Nos dividimos todos pelo chão e consequentemente eu e Sérgio ficamos um do lado do outro. Eu estava entre o Sérgio e o Jefferson (fictício). Já no dia em que chegamos (pela manhã), fomos descaçar da viagem de 09:00 horas seguidas. Me mexia de um lado para o outro e não conseguia dormir, quando olhei para o lado percebi que o Sérgio já roncava e caiu em sono profundo, comecei a ter pensamentos com ele e fui ficando excitado, até que encostei bem devagar em seu pau, que estava duro ,mas ficou só nisso mesmo (haviam pessoas acordadas na casa).

   Ao anoitecer saímos para dar um passeio pela cidade e quando ficou mais tarde retornamos para dormir Por volta das 1:00hs da manhã eu acordei e fiquei olhando para o Sérgio que estava de pijamas (short e camiseta) e muito excitado, comecei a ficar nervoso e bem devagar comecei a apalpá-lo, o mais impressionante e que haviam muitos mosquitos naquele quarto, todos se batiam, mas ninguém acordava (tinha um pequeno ventilador de teto lá que ajudava a espantar os vermezinhos).Até que uma das meninas veio até a sala e disse que já não aguentava mais tantos mosquitos.Trocamos de lugar com elas, que vieram dormir na sala e fomos pro lado de fora da casa (no quintal), apalpei mais um pouco meu amigo, mas novamente ficou só nisso.

   No dia seguinte fomos deslocados para uma cobertura bem no centro da cidade, bem maior, mas arejada e mais confortável. Nos dividimos mais uma vez, meninas para um quarto e homens para o outro quarto haviam dois televisores na casa, um na sala e outro em nosso quarto alguns amigos preferiram ficar na sala assistindo tv e outros optaram por dormir, mas o Sérgio ficou jogando videogame no quarto atrapalhando o sono de alguns. Aquilo me deixou irritado, primeiro que aquela claridade não deixava ninguém dormir e outra é que o Sérgio ficou do outro lado com a cabeça nos meus pés. Peguei no sono e por volta de 2:00 hs da manhã acordei e vi que todos dormiam, (menos o pessoal da sala)

   O Sérgio estava com a barriga pra cima e excitado, comecei a acariciar seu pau e a morder bem devagarinho, derrepente ele vira de lado ficando de frente com o Jefferson e daí não tinha como fazer mais nada, me conformei e cochilei, daí uns 40 minutos acordei novamente e vi que ele já estava com a barriga pra cima novamente. Precisava agir, ser rápido sem acordá-lo e ainda tinha o empecilho do meu amigo Jefferson que também estava ali. Fui bem devagar, levantei o short do Sérgio bem de leve e soltei com toda força para saber de fato se ele estava dormindo, fiz isso por duas vezes.

   Visto que estava dormindo, puxei seu short novamente e também a sua sunga para baixo conseguindo chegar no GAROTÃO que estava mole, pus na boca e comecei a chupar bem devagarinho, eu estava excitadissimo, louco quando a rola do cara começou a crescer dentro da minha boca. Quase tive um troço, ficou DAQUELE JEITO, duro, duro, duro demais...

   Chupei vorazmente, metia minha língua no buraco da glande que era enorme e linda, mamava como um bezerro.Depois de muito mamar, achei melhor parar e fui para o banheiro, eu já estava todo babado. Quando voltei para o quarto para dormir não resisti e novamente ataquei minha preza que mais que depressa ficou duro normalmente puxei pelo lado esquerdo do short e mamei muito Amigos, quando olhei para o lado o meu outro amigo Jeférson estava meio que acordando e viu aquilo, mas meio sonolento não entendia muito o que via me enfiei debaixo do lençol e fique pensando a noite toda que não deveria ter feito aquilo. Nunca eu e o Jefferson comentamos o acontecido e continuamos amigos

Torne-se um membro e comente