Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Meu amigo, minha dose diria de leite e de linguia.

   Esse é um conto real, tudo começou quando um grande amigo meu estava passando por problemas dentro de casa e uma vez estava conversando com ele pelo MSN e ele me confidenciou que não estava mais aguentando e que a situação dentro da casa dele estava ficando insuportável por conta das brigas com seu padrasto. Ele disse que tudo o que ele queria era sair de casa. Como eu moro sozinho há cinco anos, perguntei se ele não queria passar uma temporada lá em casa, até as coisas esfriarem um pouco. Ele topou de imediato e no dia seguinte estava passando na casa dele para buscá-lo, assim como suas roupas, etc.

   Antes de começar vou nos apresentar. Meu nome é Marcus, tenho 24 anos, corpo atlético, 1,86 altura, pele bronzeada. Ele se chama Vinícius, têm 21 anos, 1,72 altura, branco com pelos pelo peito e pernas e bem fortinho e gostoso. Sempre fui bissexual e apesar disto naquele momento em que o convidei para passar um tempo aqui em casa não estava com maldade nenhuma. Apenas queria melhorar o astral de um grande amigo. Chegamos a casa e eu já havia deixado um lado do guarda roupas reservado para ele. Ele chegou e arrumou suas coisas.

   Falei pra ele que como o único lugar que tinha ar-condicionado na casa era meu quarto e se ele não esquentasse poderia dormir na mesma cama que eu já que ela era bem grande. Ele disse que não tinha problemas. Fomos jantar e depois ficamos vendo um filme. Tomamos umas cervejas e fomos dormir. Eu só durmo pelado e ele também, mas até ali estava tudo normal. Deitamos e dormimos sem problemas. Durante a noite sempre acordo para ir ao banheiro e quando voltei tudo começou a mudar. Meu amigo estava sem o lençol e com certeza estava tendo um sonho excitante pois sua rola estava dura feito pedra.

   Como ele estava dormindo de lado pude ver sua bunda, suas pernas e todo o seu corpo. Naquele momento minha pica começou a dar sinais que até então não haviam aparecido. Deu-me uma vontade de cair de boca naquela piroca, mas o medo de qual seria a reação do meu amigo me fizeram apenas voltar ao banheiro, bater uma punheta deliciosa e voltar a dormir.

   No dia seguinte, sábado, acordei primeiro que ele, fui na padaria e preparei um café, quando ele acordou já estava tudo pronto e levei para ele na cama. Ele meio sem entender, agradeceu e eu disse que era apenas um café de boas vindas. Ele ainda pelado, puxou o lençol para se cobrir e comeu. Terminado o café ele se levantou e foi tomar banho. Meu pau voltou a ficar aceso e meu cú a piscar. Ficamos o dia todo em casa naquele dia e eu louco de vontade para mamar aquela rola maravilhosa que não saia da minha cabeça e sem saber como fazer.

   Perguntei se ele tinha dormido bem e ele respondeu que tinha dormido otimamente bem e que tinha tido um sonho muito bom. Eu imaginando o que era perguntei o que tinha sido. Ele falou que tinha sonhado que fodia com duas morenas gostosas demais e elas faziam tudo. Disse que as duas chupavam sua piroca, davam o cu e etc., e que acordou de pau duro pelo sonho. Aquilo foi me dando tesão e ele percebeu pois ando em casa de cueca boxe e camiseta. Quando olhei pra sua cueca ele também anda do mesmo jeito que eu dentro de casa sua rola já estava durona também.

   Ele perguntou o que eu achava de chamar uma puta pra gente comer ela ali em casa já que estávamos excitados. Eu concordei e entramos em um site que têm acompanhantes e escolhemos uma loira muito da gostosa. Quando a mulher chegou já estávamos de pau duro e ela foi caindo de boca em nossas rolas. A loira mamava a minha e sentava na do Vinicius, que mulher espetacular. Era uma puta que sabia o que fazia. Comecei a meter no seu cu enquanto Vinicius bombeava sua xereca até que não aguentei e gozei. Ele ainda ficou uns 20 minutos fodendo a loira de todos os jeitos.

   Ver aquele garoto de 21 anos fodendo daquele jeito me deixou doido. Queria ser a loira. Ele terminou, pagamos a loira e após isso ficamos comentando sobre a foda. Ele me sacaneando, dizendo que eu estava fraco, etc., Fui tomar banho e quando sai ele foi. A noite fomos a uma festa de um amigo meu e quando voltamos banho e cama, mas desta vez após um tempo deitado virei de costas para ele só dormíamos um de frente pro outro. Aos poucos fui chegando em direção a ele. Tudo sutilmente para que ele pensasse que eu estava dormindo. Fiquei na posição da conchinha e passados uns 5 minutos, sinto que seu pau encostando e passeando pelas minhas costas e descendo pela minha bunda. Finjo que estou dormindo e deixo para ver até onde ele vai. Ele parece ter medo de eu acordar e para. Quando acordo na madrugada, novamente ele está com o pau duro e desta vez eu vou com a mão até ele e começo a acariciá-lo, meu amigo acorda e eu todo sem graça, mas sabendo que ele também queria pedi desculpas e ele com um sorrisinho safado respondeu: desculpas por que? Esta tão gostoso continua.

   Ao ouvir aquilo, voltei a punhetá-lo e a beijar seu corpo. Beijei sua boca como a muito tempo não beijava alguém. Chupei seu mamilos e fui descendo até que abocanhei seu pau que estava muito duro. Ele tem uma rola de 19 cm e bem grossa. Chupava, passava a língua, lambia e ele ia à loucura. Ele mordendo minha orelha fala baixinho no meu ouvido, deixa eu comer teu cu, aquilo era tudo o que eu queria ouvir. Na mesma hora virei e deixei meu cu todo aberto na direção do seu rosto. Ele começou a dar línguada em meu cu, me fazendo delirar.

Enquanto me fodia com a língua, me tocava uma punheta. Quando já estava bastante lubrificado, ele me colocou de 4 e colocou sua rola na porta do meu cu e forçou. Era muito grossa e no inicio doía bastante, mas foi entrando devagar e ele foi aumentando a velocidade e me fodia, e eu como uma puta pedia pra ele me foder, pra me estuprar que eu era sua cadela. Aquilo dava um tesão danado nele. Trocamos de posição e agora eu iria cavalgar em sua tora.

   Sentava e sentia suas bolas encostando na porta. Cavalgava rápido e ele me punhetava até que ele anunciou que iria gozar e aumentou a velocidade da punheta. Gozamos juntos. Eu sujando a cama toda e ele enchendo meu cú de leite. Que sensação gostosa, aquele leite quente enchendo meu rabo. Quando terminamos eu fiz questão de limpar seu pau, engolindo toda porra que havia nele. Caimos na cama e dormimos até o dia seguinte pois aquela foda nos deixou exaustos.No dia seguinte resolvemos chamar um garoto de programa para participar da nossa festa, pois queria ser fodido por 2, mas isso é um um fato para um próximo conto.

Se você gostou me escreva. Picadoce86@gmail.com adoro rola de todos os tipos e tamanhos. Se tiver interesse me escreva que podemos marcar algo.

Torne-se um membro e comente



rodape fixo Hotboys