Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

No consultrio do odontolgico

   Olá pessoal! Meu nome é Alves e o que vou relatar para vocês ocorreu algum tempo atrás eu tinha uns 28 anos e um fato verídico e de certo muito excitante! Eu moro em Aracaju a muito tempo e sempre frequentei o mesmo consultório odontológico, nunca tinha visto nada de mais nisto só achava monótono e sonhava manter uma relação na cadeira do meu dentista. 

   Sempre faço limpeza a cada seis e o prazo desse vez eu esqueci, então recebi um telefonema da secretária do meu dentista questionando para quando eu deveria remarcar minha consulte, agradeci e disse a mesma que na sexta-feira eu estaria e que fosse remarcado para tal dia. 

   Na sexta-feira cheguei no consultório por volta das 18h e lá esta só a secretária que me esperava e o vigilante do consultório por sinal um belo homem de mais ou menos 1.80 de altura com uma pernas grossas e um volume na causa que me chamou atenção. 

   Dr. Rafael, meu dentista, me chamou e eu entrei no consultório para a consulta pensando no que tinha observado do vigilante. Ao terminar me despedir de todos e sair correndo, pois eu iria ter uma aula muito importante na faculdade. 

   Ao chegar à faculdade notei que tinha deixado a minha apostila de Cines iologia no consultório, no mesmo instante liguei para saber da secretária se eu poderia buscar a apostila, qual não foi a minha surpresa quem atendeu o telefone foi o vigilante que muito solicito me disse que se eu pudesse pegar naquele dia ele estaria por lá a noite toda e que eu poderia pegar a qualquer hora com ele, marquei para na saída da faculdade eu passar por lá.

   As 23h sai da faculdade e fui ao consultório do meu dentista, toquei a campainha e logo veio aquele maravilhoso homem abrir a porta e disse entre vou pegar no meu alojamento fiquei excitado quando ele virou-se e saio para pegar a apostila e fui atrás dele no alojamento ao chegar lá ele se assustou e perguntou o que eu fazia ali eu em um impulso passei a mão nos seus braços e disse que ele tinha me atraído até lá. 

   Ele notando o que eu queria disse que a muito não fodia em cuzinho e que a muito queria foder o meu só porque eu quase não falava com ninguém no consultório e era muito metido. Levou-me para dentro do consultório e me deitou na careira do dentista me dizendo que ele agora iria meter a broca em meu dente, colocou seu lindo pau de 23 cm para fora e me ordenou abrir a boca para ele examinar. 

  Ele, safado que só, socava em minha boca seu pau e me dizia que eu mamasse direitinho que ele me daria leitinho depois, o meu tesão era tanto que gozei antes dele, mais mesmo assim continuei mamando e ele gemendo alto e de forma bem gostosa. 

   Logo que ele gozou e encheu minha boca com tanto leite me disse que queria meu cuzinho bem arreganhado para ele se satisfazer metendo em mim, levantei-me e fui ao banheiro me recompor ele entro logo após e começou a me beijar de uma forma que eu nunca tinha sido beijado antes e logo fui perdendo as forças em tuas braças assim ele me pegou-nos braças e mais uma vez me deitou na cadeira do dentista de bruços foi abrindo as minhas pernas e metendo a língua e meu anel anal nossa eu gemia como uma cachorra e ele batiam na minha bunda bem safado. 

   Logo comecei a sentir ele introduzindo seu pau lindo em meu cu, ele foi carinhoso e me faz delirar socando com muita força seu pau até o fim e retirando tudo para meter outra vez. Dessa vez gozamos juntos e ele me disse que nunca tinha metido com tanto gosto em alguém de cuzinho tão quente.

   Passamos a nos encontrar de dois em dois dias e hoje ele é casado com a minha vizinha de apartamento, uma vez ou outra nos encontramos no elevador.

Torne-se um membro e comente