Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Uma foda no cursinho

   Certo dia em um curso repleto de alunos, lá estava eu, todo quietinho, tímido, mas com mente poluída, pois tinha muitos rapazes bonitos e atraentes. Mas o que mais me chamou atenção foi professor do curso, branco, olhos verdes, corpo definido, daquele que você nem presta atenção no que ele fala e sim naquele corpo maravilhoso. Ele resolveu pedir-se pra cada aluno se apresentar, eu como sou tímido, e quando chegou minha vez, as pernas tremiam, mas conseguir me apresentar, sempre olhando dentro dos olhos do meu professor, me acredita. 

 

   Que ele percebeu alguma coisa, e comecei perceber que ele não tirava os olhos de me também. Sempre que dava ele vinha perto falar alguma coisa e disfarçadamente ele passava mão naquele volume enorme e eu só imaginava com aquilo tudo na minha boca. Certo tempo depois, o curso estava pra chegar ao fim, mas eu queria chamar atenção dele, pois queria sentir aquele membro me possuindo. Não deu outra, pois também era intenção dele sentir minha boca se deliciando com mala dele. 

   No final do curso ele falou disfarçadamente que queria falar comigo e logico que fiquei contente, pois já sabia do que se tratava. Enfim! Eu e meu maludo sozinho na sala. Ele começou passar mão na mala dele e eu não aguentei esperar e fui ajuda-lós, nossa, ele resolveu colocar mala pra fora e me perguntou se eu gostava daquilo, eu com cara de safado respondi pra ele! Você prefere que eu respondo ou faço algo? Ele respondeu! Quero tudo, pois estava louco pra fazer algo gostoso com você. 

   Ele apoiado na mesa já com as calças baixas eu ajoelhei e comecei a chupar aquela mala deliciosa, ele gemendo de tesão a cada chupada, deu uma chupada de baixo pra cima que ele gemia tão gostoso, que eu fiquei imaginando quando ele fosse me penetrar. Tirei minha roupa e ele terminou de se despi, eu parava pra olhar aquele homem todo peladinho do jeito que estava imaginando, ele perguntou se eu tinha camisinha, pois ele era casado e não saia com camisinha, mas como sou preparado, lógico que eu tinha. 

 

   Então peguei na mochila e com boca fui colocando camisinha na pica dele e ele gemendo de leve, então ele resolveu me colocar de quatro sobre cadeira, e começou a empurrar bem devagar aquela pica no meu rabinho, nossa eu gemia tão gostoso que vontade era de gritar bem alto, mas não podia, tive q me conter. 

  Ele segurava na minha cintura e fazia movimento vai e vem, e dizia que meu rabinho era delicioso, que foi feito pra mala dele, eu fala pra ele! Esta gostoso? Esta meu professor, ele dizia que sim. Falava que queria me penetrar todos os dias depois do curso. (risos) Eu dizia que sim, mas sabendo que não daria pra ele todos os dias, mas sim algumas vezes. Com aquele movimento vai e vem, comecei a bater uma, era tão deliciosa, que nem acreditava no que estava acontecendo. 

 

   Ele gemia muito gostoso, até que ele disse que estava perto de gozar, e eu pedir pra ele aguentar mais um pouco, pois queria gozar junto com ele e na hora certa gozamos juntos, foi uma loucura gozar com aquela mala todinha em mim e sentir pau dele pulsando dentro do meu rabinho. Aquela tarde e mais outras que teve foram mágicas.

Torne-se um membro e comente