Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Vizinho nego roludo tirou meu cabao

   Sou do Rio de Janeiro e quando tinha 20 anos e tinha namorada e nunca passou pela minha cabeça em sair com homem, acontece que um negão vizinho meu, fortão, me chamava atenção, principalmente por seu porte de segurança, que na verdade e tinha corpo malhadão e bonito. 

   Morava em prédio, no andar acima do dele, só que de frente e minha janela do quarto dava pra ver o quarto dele e muitas vezes o via punhetando o rolão preto meio pentelhudo, uma vez ele me pegou vendo e continuou e gozou. 

   Encontrei com ele no elevador e me cumprimentou e me chamou pra ir na casa dele ver uns videos dizendo que a esposa não estava em casa, que ela trabalha durante o dia e ele era é segurança a noite, de inicio não queria, mas na verdade queria e falou se eu não fosse o prédio iria ficar sabendo que tem um viadinho que fica olhando homem pela janela. 

   Fiquei com receio e fui, quando me levou pro quarto pôs um filme de sexo bi a três e abaixou o short, quando fui ver me assustei, o cara tinha um rolão preto, grosso e pentelhudo de uns 22cm e me pôs pra mamar, com nojo não queria e ele fez lembrar que iria espalhar pra geral que eu era gay e tal. 

   Então mamei, queria me comer e disse que não, era virgem, então só mamei e gozou na minha cara e pediu meu celular e disse que iria ligar pra combinar outro dia. Três dias depois me ligou a tarde e estava em casa e desci e disse: hoje você aguenta minha putinha e mostrou q tinha comprado lubrificante e xilocaína. 

   Mamei aquele rolão preto como um bezerro com fome, depois falou pra eu ficar de quatro e começou me lubrificar, aquele negão tava me estuprando com os dedos grossos, passou xilocaína e adormeceu meu cuzinho virgem, ai pós camisinha e eu de quatro tentei resistir. 

   Mas um negão de quase 2 metros pra um cara de 1,75m e magro, não consegui. Me enfiou, devagar, depois começou a socar forte e em várias posições e com um tempo depois ele metendo de frango assado, gozei sem tocar no pau e ele disse: olha gozou de tanto tesão. 

   Agora você vai ser minha putinha pra sempre, minha amante, e foi o que aconteceu, ele era muito insaciável e todos os dias queria, eu já estava com cuzinho costumado de a tarde ir direto no apto dele, me fazia de puta mesmo, me forçou até usar calcinha fio dental da mulher dele. 

   Transamos no corredor, na escada e até na caixa de máquina do elevador, algumas vezes quase que a mulher dele ia nos pegar, mas por sorte nossa nunca aconteceu, ficamos assim por uns 4 anos. Agora faz dois anos que me mudei de bairro e não tem lógica ir onde morava, pois o porteiro poderia contar. 

   De vez em quando que nos vemos, porque ele trabalha de dia, tem filho e quase não tem tempo, hoje sinto falta daquele negão roludo que tirou meu cabaço. Quem for do Rio ou São Paulo e ativo dotado, principalmente negão entra no meu perfil e deixa mensagem, quem sabe você será o cara que irá substituílo.

 

Torne-se um membro e comente