Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Meu amigo me comeu V

Olá, Moro em São Paulo, Tenho 35 anos e sou casado, Hoje eu levo uma vida Heterosexual normal, mas o que quero contar, é que nem sempre foi assim. Na epoca eu tinha 13 anos e DAVA a BUNDA com mais frequencia. Isso foi rotina durante muito tempo, pois eu Me tornei o "VIADINHO" da turma.
Uma vez, eu e alguns amigos estavamos empinando Pipa. naquele grupo tinha um cara que era irmão de um dos meus amigos. Renato, tinha 23 anos, e no bairro tinha a fama de Bandidinho. Eu não tinha amizade nenhuma com ele, mas isso não impediu dele puxar conversa comigo, me agradou praticamente a tarde toda, teve até um garoto que queria brigar comigo e ele me protegeu. Como eu achava que ali ninguem sabia das minhas VIADAGENS, fiquei tranquilo. Achei que ele queria mesmo fazer amizade comigo. E ficamos a atrde inteira conversando, ele deixava eu empinar o pipa dele. Não me passava pela cabeça DAR para ele. 
Ja estava escurecendo, quando o Renato, me chamou para dar uma volta, fiquei com medo, perguntei aonde iriamos, ele disse era numa tia que morava perto da escola, disse para eu ficar tranquilo, pois ele não deixaria nada de mal acontecer comigo. Nos despedimos dos outros e começamos a caminhar em direção da escola. 
Perto da escola tinha uma rua que havia um terreno cheio de arvores, diziam que a noite era perigoso, e quando estavamos passando por ele, o Bruno disse que queria mijar e me chamou dentro do terreno, eu dizia que esperaria, mas ele disse que era perigoso eu ficar ali sozinho, o bobo aqui acreditou, entrei com ele no terreno, fomos bem lá pro fundo. Ele perguntou se eu queria mijar. Disse que não. Então ele tirou o PAU pra fora, bem na minha frente, me olhou e disse que tambem não tava com vontade de mijar, olhei para o PAU dele, que ja estava meio duro, era bem grande, posso dizer que maior que o do Marcos e mais grosso que o do Mauricio, e era bem peludo, fiquei olhando, então ele me disse que sabia que o Marcos me COMIA. Eu olhei pra ele, choramingando e perguntei o que ele queria.
Ele foi bem sincero, disse que queria me COMER e se eu negasse, me batia e contaria para todos os meus amigos e para a minha Mãe. Implorava e Pedia para ele não fazer aquilo comigo, ele me ameaçava. Escorria lagrimas dos meus olhos, eu estava assutado e com muito medo, pois ele ja era um Homem e minhas brincadeiras sempre foram com meus amigos, que praticamente tinham a mesma idade que eu. Sentia raiva do marcos, por ter contado pra ele,provavelmente querendo se gabar. Fiz minha ultima tentativas, ele se mostrou nervoso , me segurou e me chacalhou. então fui obrigado a ceder.
Então ele me intimou. - E ai moleque, vai DAR ou vai querer apanhar? . Mesmo soluçando de tanto chorar, segurei em seu PAU e comecei a PUNHETA-LO. Ele mais relaxado, disse. -Isso moleque, bate uma PUNHETA pra mim. Eu sei que você gosta. 
Sentia seu PAU pulsando em minha mão, era quente e ficava cada vez mais grande e grosso. Então ele ordenou.-CHUPA meu PAU , VIADINHO. Me curvei em direção daquele CACETE que faria um belo estrago no meu CU e coloquei na boca. Ele me orientava, dizendo como queria, eu obedecia, ainda com medo. Mais relaxado, eu passei a CHUPAR com mais vontade, pois estava gostoso e mostrei o que era capaz de fazer. Ele adorava quando eu lambia o SACO, dizia que eu tinha o dom. 
Subia lambendo todo o PAU dele até chegar na CABEÇA, Abocanhei e passei a CHUPAR só a CABECINHA, ele segurou a minha cabeça fazendo com que eu engolisse todo o PAU dele, me fazia até engasgar. Posso dizer que fiz uma bela CHUPETINHA pra ele. Ele aprovou, dizia que eu sabia mesmo o que fazer com um PAU. 
Ele mandou eu abaixar o Shorts, obedeci, ele me abraçou e começou a apalpar, minha BUNDA, molava o dedo com sua saliva e enfiava no meu CU, então ele me encostou numa arvore, abriu as minhas pernas, abaixou e começou a CHUPAR deliciosamente o meu CU, ele enfiava a lingua, era demais, deixou meu CU bem lubrificado.
Então ele disse. - É agora VIADINHO, você vai sentir o que é um PAU de verdade. Encostou a CABEÇA e começou a enfiar, queria gritar de dor, apenas gemia, dizia que estava doendo, ele não estava nem ai, mandou ver. Sentia que meu CU não seria mais o mesmo depois daquela FODA. Quando percebi ele ja estava me COMENDO a todo vapor. Só queria que acabasse logo, Arrebitei a minha BUNDA, ele me segurava pela cintura e mandava VARA. Eu gemia, de dor, prazer, medo de alguem chegar e me pegar naquela situação. Mas confesso que estava gostando, adorei saber que um MACHO de verdade estava me COMENDO.
Ele METIA o PAU no meu CU com vontade, me COMIA com força, e não demorou muito, ele sussurrou no meu ouvido. -Ajoelha,PUTINHA, que eu vou encher a tua boca de PORRA. Lá estava eu, ajoelhado, com a boca aberta, vendo ele se masturbar, apontando a CABEÇA do PAU na direção da minha Boca.
Enquanto ele batia PUNHETA, me dizia que era para eu só engolir quando minha boca estivesse cheia, então ele começou a GOZAR, foi enchendo a minha boca com a sua PORRA, Ele tinha terminado, mas ordenou que eu ainda não engolisse. Obedeci, fiquei sentindo a PORRA dele na Boca enquanto ele limpava o PAU na minha cara. Ele me olhou e disse. -Engoli minha PORRA , seu VIADO. agora. Engoli, passei a lingua nos meus labios para mostrar que estava satisfeito. Ele enfiou o PAU na minha BOCA. fiquei CHUPANDo mais um pouco. Então ele disse para eu me vestir e sumir da frente dele. Coloquei meu shorts, meu CU ardia, nem conseguia fechar direito as pernas. ele dava risada. assim que comecei a andar , ele chutou a minha BUNDA, dizendo pra sumior logo da frente dele. Sai correndo.
Posso dizer que ele foi bem violento comigo, mas hoje quando eu recordo fico com tesão.

Torne-se um membro e comente
rodape fixo Hotboys