Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

O Nego Vendedor de Cloro

Esse é meu primeiro conto aqui, então vou me apresentar: tenho 51 anos sou gordo tenho 95 kg, baixinho 1,65 de altura e 15 cm de pau e bunda grande.
Sempre passava um negão aqui vendendo cloro e desinfetante na rua, e tocava perguntando se eu queria, e eu olhava para o pau dele e nunca comprava nada (minha mãe comprava e me dava rsrsrs), mas ele nunca me deu mole. Um dia estava eu comprando pau, quando ele entra na padaria , claro que olhei primeiro para o volume da pica e depois para o rosto dele, ele riu e falou que queria falar comigo, fiquei esperando ele comprar o pão e sair. Quando ele veio falou sempre olha pra meu pau, quer provar, apenas sorri e mordi o dedo no canto da boca, combinei que ele poderia ir à minha casa e falar que queria fazer um currículo, (é que faço serviços de digitação em casa). Fui rápido para casa fazer minha higiene e esperar o negão chegar.
Não demorou muito e ele toca campainha. Trouxe-o pra dentro. Ele já foi me enconchado e roçando pau na minha bunda, virei me abaixei e fui passando minha boca pelo pau por cima da roupa mesmo, e fui tirando o short dele, quando vi a pica enorme19cm de pica, fiquei assustado porque sempre gostei de pau pequeno e falei que ia só chupar. Quando o negão me jogou sobre o braço do sofá onde fiquei com a bunda empinada e ele falou ajoelhou tem que rezar, me deixa excitado e depois que só chupar, vai ter que dar essa bunda gorda pra mim de todo jeito, se quiser que sua família saiba que ta dando a bunda grita. Claro que fiquei calado esperando aquela tora dentro de mim. Ele encapou o bicho e começou e enfiar, como doía, queria gritar sair dali mas a posição que ele me colocou nem tinha como escapar. Pedir pra ele ir devagar, mas ai que ele meteu com força foi quase toda a pica , mordi o sofá e falei agora vai enfia tudo logo. E ele meteu sem pena me chamando de bicha, viado velho, de puta, galinha, de dadeira, e gemia falando que meu cu era apertado e que ia voltar sempre, e eu gemendo de dor e prazer ao mesmo tempo., quando ele falou que ia gozar e começou a socar com mais força, eu falava vai meu macho gozar dentro, quero sentir sua pica pulsar dentro de mim, vem meu negão me arromba todo. E falando assim ele gozou gostoso, tirou a camisinha e mandou-me chupar porque queria gozar outra vez na minha cara pra deixar a marca dele, a eu comecei a mamar aquele pica preta engolia todinha e ia tirando devagar da boca dando pequenas mordidas, deixando o negão louco de excitação não demorou muito e ele já ia gozar e acelerei pra eu gozar também e quando ele estava gozando segurou minha cabeça pra gozar na minha boca, acabei gozando também. Ele queria que eu engolisse sua porra, mas isso não faço .Ele levantou colocou roupa me chamou de puta e disse que viria sempre aqui trocar o óleo, coisa de macho.Ele sempre volta mas depois conto mais.

Torne-se um membro e comente