Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Dando na Igreja Evanglica

Me chamo Caio e tenho 25 anos, sou evangélico e gay (mas ninguém sabe), tenho 1,75m de altura e 70 kg, branquinho, todo lisinho, (confesso que não sou muito dotado, 13cm apenas), mas uma bundinha redondinha e firme...

Sempre frequento a mesma igreja, mas nunca pensei que isso que vou contar aconteceria comigo. Um dia, sentei num banco lá no fundo, e um rapaz jovem, idade em torno de 20 anos, um pouco mais baixo que eu, cabelos lisos e pretos, forte e muito bonito, sentou no mesmo banco que eu. Em determinada hora do culto, ele começa a me olhar com canto de olho, eu percebendo comecei a retribuir, ele se aproximou e continuou a encarar, na hora da oração, com os demais de olhos fechados, ele começa a alisar o pau e se insinuar para mim, fiquei louco e apalpei aquele pau, que era grosso e devia ter uns 18 cm.

Até que ele levantou do banco e acenou que ia ao banheiro, eu o segui.

Chegando ao banheiro, entramos num box, ele abaixou a calça social e eu chupei aquela rola gostosa, grossa, com pelos bem aparados e muitas veias. Coloquei as bolas dele na minha boca e fui lambendo até o cuzinho dele (tudo isso bem quietinho, pra ninguém perceber).

Depois de chupar ele por alguns minutos, ele se levantou, abaixou minha calça e começou a lamber meu cuzinho lisinho, fui a loucura com isso.

Depois ele quis me foder, mas eu não queria pois estávamos na igreja e alguém podia ouvir, mas o tesão era demais, e mesmo com a minha resistência, ele me segurou e começou a enfiar aquela pica grossa e veiúda no meu cu. No começo, ardeu muito, mas eu não podia gritar porque alguém poderia ouvir. Ele deve ter achado que eu não estava sentindo dor, então socou com mais força. A dor era tão forte e tão gostosa ao mesmo tempo que ali mesmo já me gozei todo.

Logo, me acostumei com o “amigo” dentro de mim, e foi bom demais, ele me comeu de quatro no chão do banheiro, depois ele sentou na privada e cavalguei em cima dele, ele estava para gozar e queria gozar na minha boca, mas eu preferi que ele gozasse dentro de mim, que tesão ver aquele garoto metralhar meu cuzinho daquele leite jovem.

Por fim saímos do banheiro e voltamos ao culto como se nada tivesse acontecido.

Torne-se um membro e comente
rodape fixo Hotboys