Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

O Executivo Pauzudo

Trabalho na seguradora de um banco em São Paulo, normalmente na Vila Leopoldina, porém na semana passada tive que trocar de horário com uma amiga e acabei indo trabalhar no Tatuapé.

No fim do expediente desci do ônibus da empresa, em frente ao Shopping Boulevard, e me preparava para ir ao metrô quando decidi dar uma passada num dos banheiros para ver o movimento.

Não havia ninguém, me dirigi aos mictórios e mijava na boa quando entrou um executivo bem tesudo, mas fiquei na minha, não sabia qual era a dele, todo grande, pinta de hétero, achei que não era dos nossos...rs

Mas em 10 segundos ele mostrou o que queria, já ficou olhando na minha rola e começou a mostrar a dele, veio no mictório do lado e me mostrou aquele picão, me deixando com água na boca.

Ele então me chamou para ir ao escritório dele, na quadra da frente. Topei na hora e comecei a segui-lo para fora. Ao chegarmos ele abriu o escritório, entramos e ele trancou tudo, me levando para sua sala, no fundo do prédio.

Chegando lá ele começou a me agarrar, me beijar, puxar meus cabelos, o tipo de macho que me deixa pirado, comecei a sugar a língua dele com vontade enquanto ele me dava tapas na cara, me chamando de putinha.

Enquanto nos beijávamos fomos tirando as calças, e ele então me fez descer até sua rola e mamar seu pau sobre a cueca, cueca com cheirão de mijo, usada o dia todo, pirei na hora.

Tirei aquele picão pra fora e cai de boca. Mamava muito, engolia a rola toda e pedia mais, ele então me chamava de vadio, e como eu estava meio que de quatro dava tapas na minha bunda e socava o dedo no meu cu.

Mamei uns 15 minutos, fazia o cara gemer de tesão, me xingando e me dando uns tapas. Nisso ele me apoia em sua mesa e cai de boca na minha rola, mamava sem parar, engolia tudo o putão, mamou até não querer mais, boca tesuda a dele.

Mas ele queria mesmo era que eu mamasse, me pôs pra mamar ele de novo e depois disse que queria me enrabar, cuspiu no meu cu e me socou rola de quatro, sem camisinha, nem nada, ficou me socando e me xingando uns 10 minutos, naquele momento eu era sua putinha.

Ele sentou-se na cadeira e me sentar na sua rola, cavalgar como uma égua, eu obedeci e subia e descia com vontade naquela pica gostosa, mas ele ainda não estava satisfeito, queria me comer em cima de sua mesa de trabalho.

Então ele me colocou de frango em sua mesa e ai sim mandou vara com vontade, me xingava, dizia que eu gostava mesmo era de rola, que adorava dar o cu, e eu confirmava tudo, adoro levar rola no cuzão, pele na pele.

Ele gemia e metia muito, bombava forte pra caralho, eu já quase gozando e ele também, então ele anunciou que ia encher meu rabo de leite, e eu aproveitei, acelerei a punheta e gozei ao mesmo que ele lotava meu cu de leite.

Nos beijamos e nos limpamos e eu fui embora. Não mais o vi...

Torne-se um membro e comente
rodape fixo Hotboys