Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Dei pra todos no churasco

Ontem como faço todos os dias vou a academia, e como estava uma tarde com sol, voltei para casa troquei o meu shorts e fui para o Baragui correr. Como gosto de usar um shorts curto, que deixa minhas pernas de dar inveja a muitas mulheres que correm lá, estou bronzeado da praia e todo depilado, pois minha namorada não gosta de pelos. Bem, sempre encontro alguns amigos que corremos juntos, mas as vezes eles me dão umas indiretas de como tenho um corpo bem definido e principalmente minhas coxas, mas me faço de morto e deixo a coisa rolar. Como passei janeiro em Floripa, de férias, voltei bronzeado e com uma cor linda e o shorts curto ressaltava ainda mais minhas coxas, como vocês poderão conferir nas fotos. Como sempre nos encontramos em frente a casa Amarela, eu corri sozinho e os encontrei quando voltava para o carro, aí logo que me viram me chamaram, e já de cara levei uma cantada, falando que minhas coxas estava demais, e se eu fosse uma mulher eles me comeriam toda, dei risada mas fiquei excitado a ponto de meu pau dar sinal, como estávamos em pé não teve como esconder e lógico que notaram mas ninguém comentou nada. Conversa vai e vem, tomamos uma cerveja e o que me elogiou inventou um churras já que o final da tarde estava bem agradável e quente. Mas eu falei que tinha que ir para casa tomar um banho e pegar a carteira pois não levo dinheiro, somente minha carteira de motorista e docs do carro. E logo falaram que não precisava, e banho podia tomar na casa dele, senti um ar de maldade no ar por parte de 2 deles, que riram. Estávamos em 5, eu e mais 4. Como estava já com tesão não recusei, passamos no mercado e compramos carne e cerveja. Logo que chegamos na casa dele, todos tomaram uma ducha no pátio. Perguntei se tinha ingredientes para fazer uma caipa, logo trouxe os ingredientes ai fiz uma caipa. Como sou gaúcho pediram para mim assar a carne. Entre uma caipa e outra começaram as galinhagens e logo fui o centro das brincadeiras, e nisso o dono fala novamente, nossa gaúcho se tu fosse uma mulher eu ia chupar tuas coxas e já notei um certo volume no shorts bem como eu também, ai todos falaram que também me traçariam ali mesmo todos rimos. Fique com tesão e todos já davam sinal com seus paus e logo notaram que eu também e ai comentaram , ele também esta com tesão e rimos novamente. Fui para a churrasqueira fazer o fogo e me abaixei na churrasqueira e quando vejo o fdp, estava me coxando e todos rindo, como estava com as mão sujas de carvão não pude afasta-lo ai tive que sair de lado, e e dei uma rebolada sem querer, na hora fiquei de pau duro ai não teve como esconder. Ai todos chegaram perto e pediram para passar a mão nas minhas coxas, ai não teve jeito. Já tinha um com o short abaixado e de pau duro e vidrei, ai começaram a tirar meu shorts, fudeu quando viram que sou todo depilado. Tentei fugir mas não adiantou, ai me entreguei todinha para aqueles machos sedentos por um cuzinho. Me deitaram na mesa de bruços e me senti uma verdadeira puta, era dedo no cuzinho, mãos nas coxas, e de repente um pau passa pela minha boca para chupar, peguei com vontade e comecei a ser chupado no cuzinho, fui a loucura, ai todos queriam que eu chupasse, chupei todos, o último não aguentou e gozou na minha boca, tomei tudo, adoro uma dose de porra. Como meu cu já estava todo lubrificado de tanto chuparem, me colocaram de 4 e já levei a primeira estocada, não gritei porque estava com a boca cheia por um pau delicioso, ai levou uns 15 min, me fudendo e gozou inteiro no rabinho, não deu tempo e já fui invadido por outro, acabei gozando sem encostar no meu pau, e como todos sabem a tesão passa e o cu trava, mas não teve como, já todo lubrificado entrou outro rasgando meu rabo, mas em seguida o teu voltou e foi so alegria, este também gozou, e logo entrou outro pau e também gozou, meu cu escorria porra pelas minhas coxas, que tesão, me sentia uma puta no paraiso, quando tirou o que gozou na minha boca já estava de pau duro e ai me comeu por mais 20min, não sentia meu cu, por fim também gozou e eu junto, mais uma vez sem me tocar. Ficamos uns trapos atirados no sofá. Nisso o fogo já estava no ponto, fui espetar a carne, e a porra escorria pelas minha coxas, que delicia, ate passei a mão e peguei um pouco e chupei nos meus dedos. Ele foram a loucura e me chamaram de putinha bem vadia, falei que sou e serei deles toda a vez que fizermos churras. Enquanto a carne assava começamos a tomar cerveja e ai conversamos sobre putaria e falaram que sempre quiseram me comer. Até a carne ficar pronta, falaram que queriam gozar na minha boca, comecei a chupá-los até todos estarem pronto para gozarem, ai pegaram um copinho desses de tomar whisky cow-boy, todos gozaram nele ai me deram para tomar, foi uma loucura que nunca tinha feito, eles ai comprovaram que realmente eu era uma vadia. Mas antes de ir teve mais uma rodada de pica, mas nem todos gozaram. Tive que fazer um tampão de papel higiênico para poder sentar no carro.
Combinamos de fazer essa suruba uma vez por mês. So que na próxima, é para me preparar pois vai ter surpresas. Todos são casados, com exceção do dono da casa que é separado, por isso não usamos camisinha, pois também me cuido e faço meus exames periódicos.

Torne-se um membro e comente