Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Mamando o pedreiro novinho

Minha Irma que mora na casa de cima contratou um pedreiro pra arrumar seu quintal e como ela trabalha quase o dia todo fiquei encarregado de assistir o serviço do moço. Os dias foram passando e depois de dois dias percebi que Rodrigo ficava me olhando e sempre com um tom meio safado, mas nem dei bola afinal um moreninho daquele 170 alt 20 anos magrinho não iria dar bolo pra mim.
No terceiro dia levantei de camisa e cueca e fui ajudar Rodrigo pegar o lixo e pra minha surpresa ele segurou minha mão e disse que minha era lisinha demais pra aquilo e passo minha mão no seu peito suado, na hora fiquei sem graça e sai olhando pra trás e vendo ele alisando o pau por cima da bermuda de tactel.
Quem acompanha meus contos sabe que fico loco por caras de tactel chinelo de dedo e cheiro de suor e Rodrigo tinha tudo isso mais a malícia no seu sorriso, entrei e ele veio atrás pediu pra eu ajudar ele com uma farpa que tinha entrada no seu pé. Fiquei de joelhos na frente dele e comecei a tentar tirar a farpa quando olho pra cima ele já estava de pau duro pra fora rindo me olhando safado só pediu pra eu mamar que sabia que o ¨dotorzinho¨ curtia.
Não resisti e cai de boca naquela rola dura gostosa com cheiro de macho suado, sua rola não era grande, mas seus pentelhos eram enormes e cheiravam a suor de quem trabalha braçal o que me deixa loco de tesão. Fui mamando ele e olhando na cara de safado que o garoto fazia em quanto gemia de prazer e assim foi mamei ele ate sentir seu gozo na minha boca e o safado segurando minha cabeça cravava seu pau no fundo da minha garganta. Terminado aquela loucura Rodrigo foi pra fora trabalhar e eu fiquei limpando a porra que caiu no chão.
Chupei Rodrigo mais umas 4 vezes na semana ate que a obra entro em fase final e seu pai veio pra finalizar e o meu novinho não veio mais, mas vira e mexe repetimos a dose sempre que ele passa na rua e eu estou só em casa.

Torne-se um membro e comente
rodape fixo Hotboys