Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Chupado pelo PM Safado

Era uma sexta a noite e estava um noite fria, resolvi então correr pois gosto muito de andar olha a cidade e pensar. Passei perto da praça onde fica a academia onde faço e passando vi que tinha alguém correndo tentando me alcançar.
Era Flavio, um rapaz que faz academia comigo, branco, cabelo preto, 1,80, corpo sarado muito bonito e PM. Ele olhou para mim e disse:
- Beleza Junior? Tudo bem?
- Tudo e você? Vai para academia?
- Eu ia mas resolvi correr esta uma noite boa para correr.
- Verdade gosto bastante.
-Quer conversar um pouco?
- Quero sim vamos sentar no banco da praça.
Sentamos no banco da praça e ficamos conversando, sempre convamos muito na academia, mas nunca fora, falamos de varias coisas trabalho, estudo e tudo ate que chegamos a parte de sexo. Ele me disse:
- Eu sei que você curte homem, como é?
- A e bom, gosto de mulher também, mas e que homem tem mais pegada e fácil transar.
- Serio? Mas o que você acha melhor sexo oral de homem ou mulher?
- Homem chupa muito bem.
- Humm
- Por que você que experimentar?kkkk
- Já fiz!
Fiquei meio assustado, pois ele nunca demostrou que curtia homem.
- Serio?
-Sim, sempre tive vontade ai as vezes saio com uns parceiros meu, claro sou discreto por isso peço que não comentei com ninguém.
- De boa cara não vou comentar não, mas vem cá e comigo rola? Sou um parceiro seu?
- Claro é sim, com você rola!
- Quer ir na minha casa?
- Vamos primeiro brincar, vem aqui tem um lugar tranquilo aqui.
Ele me levou para perto de umas arvores bem deserta e escurinha, cheguei lá ele me colocou de costa na arvore e começou a me beijar, beijo tímido que foi se soltando, ficamos nos beijando uns 10 minutos, nos pegando , passando a mão uma coisa bem tranquila e saudável. Depois ele disse:
- Queria chupar você.
- Vamos então.
- Vem no meu carro.
Fui ate o carro dele, ele saiu de lá com o shorts de academia todo babado, um tesão, chegamos no carro dele ele pediu pra eu ficar de pé ele sentou no carro dele e deixou a porta só um pouco fechada. O estacionamento do parque estava bem deserto, ele veio abaixou um pouco a mão e começou a me masturbar. Tinha uma mão macia e leve sabia muito bem o que fazia.
- Nossa cara que mão magica a sua – disse eu
- Vou te mostra minha boca agora.
Ele então começo a me mamar, mamava muito bem pra quem estava começando, sugava minha rola querendo leite, eu gemia muito ate fechei os olhos e deixei, encostei mais no porta do carro e ele começo a mamar, e bater punheta para ele. Disse para ele:
- Vou gozar!!!
Ele continuo mamando forte, querendo leite, sem muita demora gozei na boca dele, gemia alto. Ele limpou minha rola e depois gozou na camiseta dele. Olhei para ele dei um beijo nele e disse:
- Vamos marcar na minha casa agora!
- Sim, e quero ver você mamando e me comendo e dando para mim.

Torne-se um membro e comente