Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

Eu e o Moreno

Conheci o Moreno no UOL e saí com ele e sua esposa, mas hoje vou contar como rolou quando fui encontrar com ele que estava sozinho em casa.
Cheguei e como sempre o Moreno me recebeu com o sorriso lindo no rosto e assim que entramos em sua casa ele já veio me agarrando, dizendo que naquele dia seria só eu e ele e que eu seria a putinha dele. Adorei a idéia e entrei no jogo, deixando de lado o meu lado Bi e me entregando a fantasia dele de me fazer de putinha.
Nos pegamos na sala, ele quis me beijar e eu deixei. Beijo delicioso, cheio de vontade e tesão e senti seu pau duro feito uma pedra.
Depois desta recepção, ele voltou a falar que eu seria sua puta e que para isso, ele separou uma coisinha pra mim. Me mandou ir pro quarto e ver o que tinha na cama. Quando cheguei, vi um conjunto de calcinha, soutien e camisolinha. Achei estranho, mas ele pediu pra eu usar.
Tomei um banho, vesti a roupinha e quando fui pra sala, ele estava nu, tomando um whisky. Quando meu viu, disse que eu tinha ficado uma putinha muito gostosa e que naquele dia eu não seria mais o Bruno, mas sim a Letícia. Fiquei com tesão e resolvi assumir a Letícia, afinando a voz, andando de modo delicado e feminino, sem forçar, naturalmente. Ele mandou que eu desfilasse pra ele e assim o fiz, então ele mandou eu chegar perto dele, me virou de costas, levantou a camisola e apertou minha bunda.
Me puxou para o teu colo e começou a me beijar, descendo pelo meu pescoço, lambendo meus peitinhos, me fazendo gemer de tesão enquanto sentia teu pau duro.
Então me mandou ajoelhar e chupar sua pica enquanto ele bebia. Fiquei de quatro, bunda bem empinada mamando e olhando pra ele. Ele tava maluco de tesão, me chamando de Leticia vagabunda, puta, etc. e cada vez que me xingava eu ficava mais puta ainda.
Então ele mandou que eu colocasse a camisinha no pau dele e sentasse. Fiz isso e logo estava com a calcinha de lado e com o pau dele todinho dentro de mim. Ele me beijou enquanto me comia e eu cada vez mais entregue a fantasia do Moreno, chamando ele de meu macho, pedindo pra ele foder a putinha dele e que eu era uma puta que adorava a pica do meu macho. Eu subia e descia na pica dele enquanto ele chupava meus peitinhos. 
De repente toca a campainha, me assustei e ele disse pra ficar tranquila pq tínhamos visita. Achei que fosse a Loira, mas pra minha surpresa, era mais um cara. Fiquei sem graça, pois ele entrou e me viu ali de camisolinha e calcinha, mas ele logo quebrou o gelo e disse para eu não me preocupar pois ele tinha gostado mto. 
Já que não tinha volta, me apresentei como Letícia. 
O Moreno trancou a porta, sentou no sofá e me mandou sentar na pica dele de novo. Obedeci, sentei de novo e comecei a rebolar, logo eu nem ligava mais se tinha alguém ali olhando e deixei a puta tomar conta, entrando de novo na fantasia do Moreno que me comia e dizia para o amigo que a Letícia era um tesão e que ele deveria provar.
O amigo era um 40ão, alto, magro e que parecia estar em transe com a cena.
O Moreno perguntou se eu queria que ele participasse e eu bem putinha disse que só se ele tivesse uma pica tão gostosa quanto a do Moreno.
Então o Moreno mandou o amigo me mostrar. Ele veio até perto de nós, colocou o pau duro pra fora da calça e realmente era uma bela pica, reta e grossa. Eu disse que pra ter certeza, teria que sentir o gosto, ai o cara ficou louco. Tirou a roupa, subiu no sofá e colocou o pau na minha boca. Cheirei, lambi e abocanhei enquanto o Moreno me comia. Essa situação tava me deixando maluco, e o Moreno lambendo meus peitinhos, apertando minha bunda e o amigo socando o pau na minha boca, dizendo que eu mamava melhor que puta.
Então o Moreno pediu pra eu dar para o amigo dele e como eu tava lá pra realizar a fantasia, topei. O amigo encapou a pica, me colocou de 4, arrancou minha calcinha, apontou o pau no meu cuzinho e foi enterrando sem pressa (do jeito que eu gosto). Enquanto isso o Moreno colocou o pau na minha boca e comecei a mamar. Que tesão, duas picas só pra mim e os machos loucos de tesão.
O Moreno não parava de me xingar de putinha e de me chamar de Letícia, enquanto isso o amigo bombava, fazendo barulho da tua virilha batendo na minha bunda. Já não tava mais aguentando de tesão, então pedi para eles gozarem. Ambos ficaram em pé na minha frente punhetando enquanto eu os chupava e lambia seus sacos.
O amigo foi o primeiro, veio um jato grosso que melou meu rosto e ele ficou punhetando até terminar, logo o moreno gozou também, um gozo mais fino, mas em maior quantidade e que melou mais ainda meu rosto. Gozei com eles gozando na minha cara e caímos os 3 no sofá.
O amigo disse que a putinha que o Moreno tinha arranjado era um tesão e que se ele convidasse outras vezes, ele iria com prazer e muito tesão. O Moreno disse que eu tinha sido uma putinha perfeita e que por isso eu merecia um prêmio, mas este vou contar depois, pois ele me levou num lugar...

Torne-se um membro e comente