Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

No chuveiro da academia

Comecei essa semana a fazer academia pra ver se acabo um pouco com essas gordurinhas. Lá é um paraíso de macho gostoso que tenho que disfarçar pra não ficar de pau duro. Eu curto muito esses caras bombados e fico louco só de olhar.
Enquanto o personal ia me ensinando a usar os aparelhos e a posição correta dr cada exercícios, ia reparando em cada um deles ali. Às vezes ele não conseguia me dar atenção, e eu acabava tentando fazer sozinho. Num dos exercícios, alguém me interrompe:
- Cara, não faz assim que você vai se machucar.
Veio um fortão me segurando por trás, corrigindo minha posição.
- Ah, obriga-ga-do. - gaguejei demais e passei vergonha 
- De nada. Se precisar, pode perguntar pra mim que te ajudo.
O cara além de gostoso era super simpático.
Terminei o que tinha que fazer e fui buscar minhas coisas. Como eu ia direto pra faculdade dali, decidi tomar um banho nos chuveiros. Dois dele tem uma porta que não dá pra ver nada dentro e o resto é aberto. Como a porta de um dele tava meio entre aberta, tirei minha roupa e entrei. Quando eu entro dou de cara com o moço que me ajudou, pelado, com o chuveiro desligado e se ensaboando. Aquilo sim foi uma visão do paraíso.
- Nossa, desculpa!! Não sabia que tinha gente aqui. - acabei dando uma bela checada naquele corpo e acabei ficando meio excitado.
- Relaxa cara e relaxa seu carinha ai embaixi também. - disse ele rindo e apontando pro meu pau que tava durissimo.
- Foi mal. As vezes isso acontece.
- Então não foi por você ter me visto pelado? - Disse ele ainda se ensaboando. - tranca a porta ai atrás de você e chega aqui mais perto.
Ele ligou o chuveiro, tirou o sabão e enquanto isso batia uma deixando o pau duraço.
- Tá afim de dar uma chupada? 
Nem pensei, me abaixei e comeceu a chupar o fortão.
- Vai, a gente não pode demorar muito. Vira esse cuzão ai pra mim pra eu te fuder.
Ele tem mais ou menos meu tamanho, então não foi difícil encontrar uma posição boa. Ele encaixou o pau em mim e meteu fundo. O cara me apertava forte. Ao mesmo tempo que ru sofria um pouco de dor, meu tesão tava a mil por ser fudido por um cara tão gostoso.
Ele anunciou que ia gozar, tirou o pau de dentro de mim e jorrou porra pelo meu corpo todo.
Nisso, ele abaixou e começou a me chupar. Nem demorou muito e eu enchi a boca dele de porra. Eu me lavei rapidão, tirei a porra do meu corpo e quando fui saindo, ele deu um tapa na minha bunda e disse:
- Isso ai putão, até a próxima.
Quando fui sair, tinha uma pessoa lá fora se trocando. Tentei dar uma disfarçada, mas ele olhou meio desconfiado e saiu. Me arrumei e fui embora, feliz da vida por ter sido fudido

Torne-se um membro e comente