Atendimento

CONTO ERÓTICO

imagem conto

No banheiro do mercado

Vou compartilhar uma história bem excitante que aconteceu por esses dias. Para quem não me conhece vai a descrição, Sou moreno claro 1:75 70 kls, olhos castanhos escuros e cabelo estilo militar, sou morador do RJ. 
Apesar de amar ser fodido, sou um cara bem discreto com barba e não afeminado que se encanta por homens rústicos, viril e com voz e postura de homens, ou seja, aqueles "héteros" que guando você olha na rua dúvida de que gosta do babado.
Era um fds quando tive que ir no supermercado fazer umas compras, quem mora sozinho e trabalha sabe que o único dia que tem para colocar alguma coisa na geladeira que não seja água é no fds...RS Estava parado com o carrinho de compras no setor de verduras guando o Gustavo um homem calvo, moreno claro, barba 1:80 85 kls e dono de uma mala de 19 ctm reta e pesada esbarra no meu carrinho, e acabo levando um susto com o barulho, ele imediatamente se desculpa e dar um sorriso sem graça, prossegue dizendo que estava distraído e nem percebeu que meu carrinho estava a sua frente, eu olhei para ele analisando dos pés a cabeça e meu sensor de puta já aflorou enquanto ele se desculpava. Assim que terminou de falar eu disse que isso acontece e que também sou muito distraído, e se ele fizesse isso novamente no meu carrinho caso me encontrasse, levaria para o lado pessoal e ele teria que pagar as minhas compras. Ele sorri meio sem graça e diz que ele poderia pagar de outras formas e imediatamente dar aquela famosa segurada no pau. Perguntei se ele estava com a esposa já que estava com a aliança no dedo, ele diz que a esposa o mandou no mercado e que ele teve sorte de estar sozinho e me disse que gostaria de se desculpar logo. Falei que tinha o banheiro do mercado e que aquele horário o movimento é fraco, ele topa na hora, deixamos o carrinho no canto do mercado e partimos para o banheiro, chegando lá eu entro na cabine e ele em seguida, começamos a nos beijar ele passando a mão na minha bunda e dando uns gemidos, eu o beijando e abaixando a sua bermuda e tirando a sua cueca, pula pra fora um pau cheiroso, cheio de veia, com uma cabeça enorme e com fome de cú. Tiro a camisinha do bolso ele dá uma cuspida no meu cú e coloca tudo de uma vez. Nossa, como doeu, mas puta que é puta topa e está disposta a toda hora. Levantei a cabeça olhei bem para o macho que estava com a pica entalada no meu cú e disse fode esse cú com toda força. Ele ficou doido, me colocou com os joelhos na tampa do vaso, fazendo com que ficasse de quatro e mandou vara no meu rabo que gritava por mais pica. Não me contive e comecei a rebolar no seu pau que nessa hora deslizava dentro de mim como se fossemos feito um para o outro, ele não demora e goza de uma forma deliciosa, tira o pau de dentro de mim e me dá um bj e diz que foi a maior loucura que já tinha feito e que valeu a pena ter batido no meu carrinho e que conhece uma puta pelo cheiro. Saímos do banheiro e ele pega o seu carrinho e age come se nada tivesse acontecido, acabo de fazer as minhas compras e termino de pagar quando o segurança vem em minha direção e diz que foi ao banheiro e me ouviu gemendo na pica do cara, na mesma hora eu fico sem graça e olho pra ele e disse que não era eu, ele fala pra mim que a muito tempo vem me reparando no mercado e teve a certeza de que eu adoro uma vara, ele sorri e prossegue dizendo que vou ter que dar pra ele e ainda vou levar um desconto..

Torne-se um membro e comente