imagem contoCONTO

A uns dois anos eu ainda era virgem e muito tímido. Eu morava em uma casa com vizinho bem próximos e de alguns pontos da pra ver dentro da casa dos vizinhos e vice e versa.
Certo dia eu estava com muito calor e muito tesão e resolvi bater uma, então me sentei apenas de cueca na cozinha da minha casa ( eu estava sozinho em casa) e fiquei lá no celular procurando um filme gay bom pra ver. Aí eu me levantei e fiquei na porta da cozinha (sem nem me ligar q estava de cueca )bem tranquilo quando de repente eu olhei pro lado e meu vizinho estava me olhando descaradamente, então eu olhei pra ele e ele continuou a me encarar sem nenhuma expressão aí eu fiquei sem graça e corri pro meu quarto.
Passaram alguns dias e eu quase não o vi mais e sempre que via eu já dava um sorriso (querendo que ele puxasse assunto ) mais ele sempre sem reação. Depois de umas duas semanas eu briguei com meu irmão e sai na rua de casa para poder tomar um ar. Quando do nada eu sinto uma mão no meu ombro e quando me viro era ele (acho que esqueci de falar que nós não conversávamos) aí eu gelei! Ele veio com um assunto me perguntando se eu sabia montar um computador, e eu disse que sim e ele me disse se eu montava um para ele que depois ele me dava uma coisinha. Nem perguntei o que ele iria me dar e já disse que sim. Marquei de ir na casa dele a tarde, fui para casa correndo, tomei banho e me preparei para ir lá ver ele. Quando deu três da tarde eu já está super nervoso e desconfiado, me levantei para ir, sai pelo portão e ele já estava me esperando, eu o chamei ele abriu o portão da casa dele e nos encontramos fomos direto para o quarto dele. Quando eu entrei já me deparei com o computador montado bem no canto da parede então eu fiquei olhando para ele super nervoso e sem entender nada, ele se sentou na cama e me chamou para sentar também, então eu logo pensei e agora que vou ser enrabado por esse gostoso. Não deu outra, logo que já sentei ele já começou a passar a mão na minha perna e me puxar para o beijo, nos beijamos uns 5 minutos e eu já fui perdendo o medo e já comecei a abrir o zíper da calça dele e abaixando a cueca, foi quando eu vi aquele negócio lindo tinha uns 18 cm com uma linda cabeça rosinha e todo raspado então meio sem jeito eu cai de boca naquilo sem nenhum pudor e era muito bom. Depois de uns minutos de muito prazer ele foi tirando a minha bermuda e eu pedi para ele ir devagar porque doía. ele começou a enfiar o dedo bem devagar enquanto eu o chupava ele todo e eu ia a loucura. Ele enfiou um dedo depois dois, três e eu pirava de tanto tesão. Aí eu pedi para ele me comer de vez e já fiquei de quatro, ele colocou só a cabecinha e eu já comecei a chiar (até porque eu era virgem e isso dói um pouco) aí eu me disse pra me acalmar que ele ia com calma eu concordei e ele continuou enfiando devagar quando eu senti as bolas dele na minha bunda eu dei um urro de prazer e ele começou a bombar devagar e foi acelerando depois de um tempinho ele já estava metendo como se fosse um ogro de tanta força e eu gritava pedindo mais. O prazer foi tanto que eu gozei muito e foi tudo na perna dele, aí quando ele viu que eu tinha gozado ele parou e me puxou e já foi punhetando e eu abri a boca e ele me fez beber tudinho e depois me fez lamber a perna dele onde eu tinha gozado. Ficamos deitados por uns dez minutos e aí eu me levantei pra ir embora e me arrumei ele me deu um beijo na boca e quando eu sai no corredor o pai dele estava na porta do seu quarto e eu fiquei super sem graça (eu estava gritando horrores no quarto) aí eu sai e quando eu está na porta pra sair eu escutei o pai dele perguntando se negócio tinha sido bom. Rolou mais umas sacanagens mais isso eu conto depois.

Torne-se um membro e comente